Inspiração: Kit pipoca (presente de dia das mães).

Além de meu presente ser a minha filha (e sua saúde!), nosso domingo das mães foi em casa relaxando com o papai. Nada melhor que um dia tranquilo em família! A mamãe aqui aproveitou para limpar o forno e fazer as unhas já que o papai tava em casa.

Um dia desses é como um presente pra mim. Além disso, ainda assistimos dois filmes (Círculo de Fogo 2 e Jogador Nº 1), mas ainda não tinha em mãos o presentinho que o papai mandou fazer pra mim:


Um kit pipoca pra mamãe cinéfila :O!! Amei! Arrasou papai! Olha quem ele coloca na estampa...nossa pinguinho de gente na foto de 2 meses dela...ai meu coração! Foi o próprio papai quem fez a arte.


A ideia ele teve pois a pessoa que confecciona os kits pipoca é cliente da loja onde ele trabalha, e ele já tinha feito um para nossa filha do qual eu já tinha me apaixonado! A arte do dela também foi ele quem fez. Atenção aos detalhes com sol e um bebê no sol (que acho que não dá pra ver na foto..ehehehe).



Ahhh..papai arrasou dessa vez!
Já lavei e tô louca pra inaugurar!

Uma linda quarta inspiradora pra gente1
:*

Frase de efeito: Constanza e Marilu

Ainda no clima do Sofa Chat Show da Constanza e Marilu, trago um episódio em que a Constanza fala algo que me afeta diretamente no momento que eu estou vivendo (maternidade):


Nossa experiência não serve pra ninguém, só serve pra gente.

Eu tenho pensado muito nisso e sei que vivi e ainda vivo opinando aqui e ali. Querendo falar das minhas experiências e tentar ajudar as pessoas que me procuram pra desabafar, com algum exemplo prático. Mas no fim das contas não adianta. Tem coisas que precisamos passar pra saber como é. A maternidade é uma dessas coisas.

É muito, muito, muito chato as pessoas comparando porque fulano não era assim quando bebê, beltrano não mamava tanto, você tá colocando vício...a vontade que dá é mandar todo mundo pra aquele lugar. Mas preciso pensar que não estão fazendo isso por mal, elas apenas acham que estão ajudando (não estão!) e tento ser compreensiva após ponderar.

Mas agora tenho essa frase e acredito ser mais feliz após meu conhecimento e reflexão sobre ela. É uma máxima! Não podemos achar que nossas experiências vão servir pros outros, cada ser humano é único. Cada organismo é único! E a vida então... essa é mesmo única!

Lindas essas duas, viu?!

:*
uma linda terça pra gente!

Vida saudável: Smothie.

Em casa o tempo inteiro eu só sei comer. Não só porque a amamentação dá fome, mas também pela "falta do que fazer". Não me entenda mal, eu tenho muito a fazer, mas com bebê pequeno até comer se torna uma tarefa difícil e, por isso, a gente vai comendo bobagens mesmo por estarem sempre prontas e serem fáceis de pegar.

nunca tinha congelado banana, mas sigo a @jujulianagoes e o @cricadk no Instagram e sempre vejo algumas preparações dele para a mamãe Ju. Congelei as bananas e hoje consegui um tempinho para fazer um Smothie. Eu segui essa receita do Crica com as frutas que eu tenho aqui já congeladas (eu tenho hábito de congelar as frutas já lavadas e cortadas).



Utilizei:

- 2 bananas congeladas (em rodelas);
- 2 rodelas de abacaxi (congelado);
- 2 pedaços de manga (congelada).

Cobri com um pouco de granola e uvas passa.

O sabor é sensacional! Achei que ia ter gosto de banana e na verdade senti muito mais o abacaxi. Detalhe que não usei água como o Crica ensina no link que indiquei, então ficou bem sorvete a textura, cremoso por causa da banana.

Quero experimentar outras frutas depois. Preciso criar lanches alternativos e uma rotina (não sei como!) para me alimentar melhor. Vejo que é muito mais fácil quando se tem outra pessoa em casa que cozinha ou para ajudar nessas tarefas ou até com a bebê.

Mas com o tempo vamos nos adequando. Eu e ela.

Experimenta essa receita é muito legal, vai se surpreender com os sabores!

:**
uma semana iluminada pra gente!

Constanza e Marilu

Genteeee! Eu sempre via nos intervalos dos programas do Discovery Home and Health (H&H) duas jóias raras do nosso país, falando abertamente sobre assuntos diversos sobre si mesmas, detalhes e histórias de suas vidas privadas, com muito humor e sentimentos.

Imagem via

Estou falando da Constanza Pascolato e da Marilu Beer na série Costanza&Marilu. A empresária, consultora, e autoridade em moda no Brasil, Costanza Pascolato e a artista plástica Marilu Beer, duas estrangeiras naturalizadas brasileiras, amigas desde os anos 60, protagonizam um "Sofa Chat Show” divertido e, na minha humilde opinião, cheio de experiências vividas a serem reproduzidas.

Eu vejo no canal Discovery H&H (vídeos da primeira temporada, 2014), mas a gente pode ver cada episódio no YOUTUBE, tem tudo lá e você não vai se arrepender! O bate papo delas não segue um roteiro, elas escolhem uma letra do alfabeto, uma ou duas palavras para nortear o tema (tipo... C: casamento) e o resultado é uma conversa descontraída, sincera, real e cheia de experiências vividas. Na primeira temporada sempre

Despidas de tabus, essas duas damas nos mostram que chegar aos 78 anos com tanto entendimento e discernimento sobre quem são, é perfeitamente possível quando nos enxergamos com mais simplicidade.

Fica minha dica pra essa semana!
:*
muita luz!!

Frase de efeito: Filme - The Post, a guerra secreta.

Ainda no clima de filme, a frase de efeito de hoje vem do filme The Post -  A guerra secreta. Em dias em que a imprensa nada mais é que manipuladora de massas, para atingir objetivos políticos e financeiros próprios, nada melhor que uma frase dita em um filme sobre a imprensa (não posso entrar em detalhes para não dar spoiler) para nos fazer refletir.

Imagem via

"O papel da imprensa é servir aos governados, não aos governantes”


Deveria, mas não é dessa forma. É difícil que a imprensa no geral resolva fazer algo que, ainda que vise o lucro ou o "furo de reportagem", mantenha a seriedade e o compromisso com a verdade. Atualmente é complicado assistir notícias e tentar compreender até onde estamos sendo manipulados, principalmente no que diz respeito à política.

Em ano de eleição devemos mesmo nos focar em tentar entender as coisas e não apenas escutar, sem ponderar, o que está sendo dito e feito pela imprensa brasileira.

Uma linda terça!
:**

Finalmente, um filme! (The Post)

E ontem, finalmente, conseguimos ver um filme!
Cada dia que queremos fazer algo da nossa rotina anterior tentamos descobrir meios para fazê-la. Ontem a guria tava tranquila, tinha dormido bem durante o dia, então tudo indicava que seria uma noite sem escândalos para dormir. Assim foi!

Imagem via
O filme que escolhi para reinaugurar minha vida cinéfila foi The Post - A guerra secreta. O marido ficou meio confuso no decorrer do filme, beirando a perder o interesse. Mas eu entendo ele. É complicado quando a trama envolve muitos personagens e nos perdemos em descobrir quem é quem até que chegue próximo ao final do filme, que é quando já conhecemos todos os personagens.

A Meryl Streep pra mim é uma deusa. Eu não consigo dizer o nome de algum filme em que ela atuou e eu não gostei da sua atuação. Sou fã! Achei muito interessante a escolha dela para representar a Katharine Graham, a primeira mulher a exercer cargo de chefia em um jornal, neste caso ela é dona do The Washington Post, mas que sofre alguns constrangimentos por ser mulher em um mundo ainda dominado por homens.

Achei que foi bem sutil a escolha do Spilberg em retratar o machismo da época, quando tinha a missão maior de retratar o escândalo que envolvia a guerra do Vietnã e a missão da imprensa em cumprir seu papel, a qualquer custo, para propagar a informação à população.

Eu gostei muito das interpretações e da história geral.
Melhor mesmo foi poder ver um filme depois de tanto tempo, mesmo 2 horas tendo virado 3!

:**
Uma semana maravilhosa para nós!