Finalmente, um filme! (The Post)

E ontem, finalmente, conseguimos ver um filme!
Cada dia que queremos fazer algo da nossa rotina anterior tentamos descobrir meios para fazê-la. Ontem a guria tava tranquila, tinha dormido bem durante o dia, então tudo indicava que seria uma noite sem escândalos para dormir. Assim foi!

Imagem via
O filme que escolhi para reinaugurar minha vida cinéfila foi The Post - A guerra secreta. O marido ficou meio confuso no decorrer do filme, beirando a perder o interesse. Mas eu entendo ele. É complicado quando a trama envolve muitos personagens e nos perdemos em descobrir quem é quem até que chegue próximo ao final do filme, que é quando já conhecemos todos os personagens.

A Meryl Streep pra mim é uma deusa. Eu não consigo dizer o nome de algum filme em que ela atuou e eu não gostei da sua atuação. Sou fã! Achei muito interessante a escolha dela para representar a Katharine Graham, a primeira mulher a exercer cargo de chefia em um jornal, neste caso ela é dona do The Washington Post, mas que sofre alguns constrangimentos por ser mulher em um mundo ainda dominado por homens.

Achei que foi bem sutil a escolha do Spilberg em retratar o machismo da época, quando tinha a missão maior de retratar o escândalo que envolvia a guerra do Vietnã e a missão da imprensa em cumprir seu papel, a qualquer custo, para propagar a informação à população.

Eu gostei muito das interpretações e da história geral.
Melhor mesmo foi poder ver um filme depois de tanto tempo, mesmo 2 horas tendo virado 3!

:**
Uma semana maravilhosa para nós!

Inspiração: Pote da Gratidão.

Tenho muitas horas de IG, BabyCenter e Whatsapp agora. Isso porque durante as madrugadas enquanto a Sol mama, eu simplesmente vou ler no BabyCenter ou me distrair no IG. Em uma dessas madrugas eu vi no Instagram do Blog da Mimis uma dica muito interessante do "Pote da Gratidão".

Imagem via
A ideia é a motivação que podemos nos dar baseada em nossas próprias experiências positivas. Basta escolher um pote de vidro (reaproveite algum que antes conservava algum alimento) e deixar sempre papel e caneta próximos a ele (deixe o papel em um tamanho pequeno, para simplificar). Assim, todos os dias deposite um agradecimento no pote, algo que ocorreu no dia mesmo ou em qualquer etapa de sua vida e que se recorde.

Dessa forma, quando você estiver decepcionado ou acreditando que nada de bom te acontece, ou que a felicidade não é pra você, simplesmente vá no Pote da Gratidão e retire um papel. Neste momento perceberá que coisas muito boas já lhe aconteceram e ainda acontecem em sua vida.

Já estou providenciando o meu!

Uma linda quarta para nós!
:**

Frase de efeito: Autor desconhecido.

Imagem via

Treine sua mente para ver o lado bom de qualquer situação.


Não sei de quem é a autoria da frase, mas vi no IG e a senti muito verdadeira. Quanto mais estivermos dispostos a sentir a negatividade de todas as coisas que nos acontece, estaremos sujeitos a uma vida miserável. Temos que tirar lições de tudo o que nos ocorre e, quando a situação demonstrar algo em desacordo com o que desejamos, temos que nos lembrar de que algo bom também provém daí. Sempre!

Você já fez esse exercício?
É muito importante para sua paz interior e evolução neste mundo. Tente e não irá se arrepender!

:**
Uma linda terça!

Sete semanas ^-^

Cara de cansada...sem make!

Saudade daqui. Mas os dias têm estabelecido prioridades novas o tempo todo! De qualquer forma, assumo que ainda tenho que organizar o meu tempo para vir aqui arrumar a casa e receber lindas visitas. E visitá-las também!

Por mais que eu não admita, são muitas coisas novas. Com a bebê são coisas novas, diferentes, cansativas e deliciosas a cada dia. A gente aprendeu muita coisa com ela e sei que é um aprendizado infindável. Que assim seja!

Ansiosa para dar as vacinas de 2 meses e poder passear com ela pela rua, de vez em quando. Estamos ambas com baixa vitamina D, pois os banhos de sol estão meio escassos com dias nublados. Quando o sol aparece, acontece dela estar dormindo e não sou eu quem vai acordar ela...ahahahah quando ela dorme, deixa ela dormir por favor!

Tenho colocado minhas séries em dia, algo que não estava fazendo. Tem sido bastante produtivo a cada mamada, assistir tudinho que gosto ^-^ Estou administrando melhor meu tempo a cada cochilada que ela dá e acredito que a vida já estará numa nova ordem em breve. O médico já me liberou pra fazer tudo, só academia que ele disse que após três meses...então tenho mais um mês pra engordar e então poder voltar aos treinos.

Como foi seu final de semana?
Aqui, visitinhas calorosas e muito amor no coração.

:**
Uma semana iluminada pra gente!

Esmalte da semana: Ivete Sangalo - Astral.

Dia desses postei no Instagram que consegui tempo pra pintar minhas unhas. Aliás, tempo é realmente escasso e quando temos, ficamos sem saber o que fazer com ele. Não consigo priorizar já que sinto falta de fazer TUDO! Mas não me incomodo, acho maravilhoso o tempo que passo com minha pinguinho de gente e isso é impagável!

Essa semana o esmalte é esse lindinho da Beauty & Love, linha da Ivete Sangalo, cujo nome é Astral. É um nude muito lindo e achei que fiquei mesmo com unhas de ryca o.O


Estou começando a me adaptar com as rotinas da Marisol, tem dias que prefiro dormir quando ela dorme, mas como tem uma soneca pela manhã, eu pego carona nela para poder ter uma tarde mais produtiva quando ela dorme mais pesado.

Em breve a programação do blog volta ao normal e pretendo modificar a cara dele esse ano. Será que consigo?! Espero que sim!

:*
Uma semana iluminada para nós!

Esse tal puerpério...


Há dias que estava querendo postar aqui no blog e não estava exatamente certa do que gostaria de postar. Por hora, trago o misto de emoções e sentimentos que me invadiram desde o dia em que escutei o choro dela pela primeira vez, ainda sem vê-la, mas sendo invadida por uma felicidade que jamais pensei ter sentido antes: "ela está aqui", pensei, e as lágrimas rolaram pelo meu rosto também.

O anestesista até brincou que eu ia borrar a maquiagem, mas não chegou a tanto. A experiência no hospital é estranha. Tudo é bem invasivo, mesmo estando em um quarto/apartamento somente com sua família. Ainda assim, não me incomodei.

O principal era meu presentinho e ela estava ali e ninguém mais que ela precisava de atenção e calor humano. E ela teve. As vovós não arredaram o pé e até uma titia veio de um pouco longe pra conhecer a Marisol. A irmã também estava lá e cuidou dela pra mim da forma que pedi.

O primeiro dia ela entalou com uma golfada e foi a primeira vez que conheci o medo. Chorei por estar na cama impotente sem poder levantar pra pegá-la, mesmo ela estando em segurança nos braços da vovó.

Óbvio, não dormi. Fiz vigília enquanto minha mãe dormia e qualquer coisa eu chamaria ela ou a enfermeira. Segundo dia minha irmã foi dormir conosco. Eu já estava apavorada com a possibilidade dela entalar novamente, tirei um cochilo ou outro enquanto ela estava no colo da tia, mas quando ia pro berço, eu estava super acordada.

Terceiro dia e viemos pra casa. Passamos na casa da sogra primeiro, almoço, um pouco mais de família, amor. Em casa, a sogra veio nos ajudar na primeira noite, eu já estava letárgica de tantas noites insone e consegui relaxar um pouco enquanto ela estava em seus braços.

Os outros dias foram me deixando mais tranquila. Ela golfou outras vezes e fizemos a manobra ensinada pela médica para não ter problema. Já consigo dormir quando ela dorme, mesmo que de sono leve. Estamos nos adaptando mas o medo está sempre me rondando.

Chamam isso de puerpério. Só espero que passe logo pois meus hormônios estão se rebelando contra mim. Eu choro quando lembro do nascimento dela, choro quando olho pra ela, tão pequena... Choro de saudade do marido, vontade dele estar sempre perto. De dia tudo é tranquilo, mas ao final da tarde e chegada da noite começam minhas lamentações.

Passam rápido. São momentos. Não sei por que e nem de onde vem. Mas o medo jamais vai me vencer, seja por causa do tal puerpério ou não.


Um final de semana de paz pra gente!

Pretendo voltar segunda-feira! Já estamos começando a ter uma certa rotina, então acho que aos poucos a programação aqui volta ao normal.

:**