Dica de quinta, na sexta: Rímel Luisance, não recomendo.

Eu tenho experimentado maquiagens de marcas diversas que as blogueiras têm recomendado, a Luisance é uma marca que já conhecia pelas paletas de sombras e eu adoro! Tem qualidade, pigmentação e tudo. Mas esse rímel especificamente eu não gostei: Incredible Look Volume.


Eu não sei se só ele é assim, admito que vou experimentar outros ainda pois, sou dessas. Mas esse aí só estou usando porque o meu da Mary Kay está com a fotógrafa desde o dia do ensaio gestante (os assistentes misturaram nossas coisas, rsrsrs), e eu precisava usar alguma coisa.


As cerdas são ótimas, esse formato também pois ajuda a dar uma curva nos cílios, mas ele parece não secar! Ele demora de assumir uma consistência mais próxima do seco e, quando a atinge, você pode apertar um pouco os cílios com seus dedos e sentir aquela consistência colante, grudenta. Para quem não se incomoda com secagem, a parte do volume vale a pena.

Você já usou este ou algum outro rímel Luisance? Recomenda algum outro?

:**

Frase de efeito: Joanna de Ângelis.

Para Joanna de Ângelis, não precisamos desmerecer ou descaracterizar quem somos diante das atitudes alheias que tanto nos importunam. Não podemos nos tornar aquilo que menos gostamos no outro, apenas por ele ter nos tirado do sério ou passado dos limites. 

Sei bem que isso é muitíssimo difícil, mas não me custa compartilhar a reflexão do Episódio Diário de nº 26 (Filosofia de Compreensão). Caso queira ler a obra completa, você pode encontrar aqui em .pdf.

Imagem via

Não é necessário que se te despersonalizes evitando apresentar­te conforme és. Faz­-se mister que te superes vencendo a parte negativa do teu caráter, aquela que censuras nos outros. Lapidando as tuas arestas, tornar­te­ás melhor e mais feliz.

Pois bem, é muito difícil conseguir controlar a fera dentro de nós quando as pessoas parecem nos dar motivo para colocá-la pra fora. Eu, quando quero, tenho autocontrole e me pergunto se vale a pena. Já imagino a fadiga que é discutir com certos tipos de gente. Eu tenho mania de esclarecer tudo, pois odeio mal entendidos e me baseio no entendimento que o diálogo é a chave para relacionamentos felizes. Mas nem tudo podemos explicar, tem coisas que quando explicamos demais, acabam por perder o sentido ou simplesmente não mudará nada explicá-las.

O melhor é não reagir e deixar o curso da vida seguir sem que aquele momento passageiro venha se tornar marcante, duradouro, desnecessariamente.

:*
Um dia cheio de compreensão pra nós!

Esmalte da semana: Nude - Colorama.

Mais um final de semana de janeiro e por aqui a ansiedade anda correndo solta! Mas Carnaval vai chegar pra me ajudar a relaxar e congregar um pouco com a Natureza para que os dias subsequentes sejam mais tranquilas.

Para esta semana estou com um lindo rosa Nude nas unhas, da Colorama. Não sou fã dos esmaltes colorama pelo cheiro forte que eles exalam, mas a cor me atraiu muito e não me arrependi no resultado:

Nude_Colorama
Uma cor clara pra encarar mais uma semana de organização do apê para receber nossa pequenina. É muito difícil lidar com espaço pequeno projetado para dois adultos, e agora venho buscando diversas alternativas para tornar o quarto do Home Office um quarto também de bebê. Não dá pra fazer milagres, mas tá tudo ficando lindo. 

Em breve mostro aqui essa mudança.

:**
Uma semana de muita luz pra nós todos!



Dica de quinta: não dê pitaco sem solicitação.

Sinceramente, começo a achar que aquela frase "se conselho fosse bom não se daria, se venderia" está completamente correta. Isso por que todo mundo sabe o que é melhor pra você como se você fosse a única que não soubesse. O que é pior, insistem de forma grosseira que você está completamente errada como se isso fosse dissuadir você daquilo em que acredita.

Imagem via

Só dê palpite quando solicitado!

Gente! Funciona de forma simples. No diálogo você vai perceber se tem uma brecha pra opinar ou não. Se a pessoa deixar esse espaço para você, opine mas sem impor a sua opinião como a mais profunda verdade do Universo. Lembre-se que ninguém é igual a ninguém em personalidade e modo de vida!

Imagem via

Questione pra conhecer a opinião do outro, não para dizer que está certo ou errado!

Não sei como pode ficar pior, mas sempre encontro alguém para se superar! As pessoas já questionaram o nome da minha filha (Sol), já questionaram o fato de eu querer o parto cesáreo, o fato de eu querer adotar um menino no futuro e o fato de eu querer usar as fraldas de pano. Por favor, vocês me permitem?


Imagem via

Não imponha a sua verdade!

Toda vez que me fazem essas perguntas eu já tento ser evasiva. Fora o nome dela, pois tenho muito orgulho do nome lindo que me foi inspirado, as outras afirmativas comecei a não responder mais. Agora estou no "seja o que Deus quiser", "não planejei isso ainda", "depois penso nisso". Isso por que as pessoas estão me estressando, irritando de tal forma que eventualmente serei grosseira com alguém. Elas não querem saber o que eu quero, apenas querem ser contra o que eu quero.


imagem via

Suas experiências não são universais!

Não são. As de ninguém é. Sua vida é totalmente diferente da minha e, por mais que hajam semelhanças, não são iguais. As pessoas não tem as mesmas alergias, não pensam de forma igual, não concordam sempre, não se vestem iguais às outras apesar de acompanharem a moda. As pessoas simplesmente são únicas e cada experiência vivida por cada pessoa, é igualmente única. Então, o que aconteceu com você, pode ou não ocorrer com outras pessoas.


É difícil que até quando o momento é pra ser seu as pessoas querem estragar isso. Pior ainda quando insistem. Pior ainda quando preciso ser educada e seguro a patada pra não ser indelicada com quem está sendo indelicado comigo. Acabo guardando essa raiva e me tornando cada dia uma pessoa mais estressada. Agora estou evitando pessoas, sei que esses "conselhos" não vão acabar, serão pra sempre! Mas aprenderei a lidar com isso sem ter que ficar calada sem impor minha opinião, como as pessoas fazem comigo.

Fazendo uma autoanálise, já fiz isso algumas vezes inclusive com uma recém mamãe. Agora entendo que ela tava saturada de tanto conselho de gente que não conhecia a realidade dela!

E você, já parou pra pensar se faz isso ou já fez?

:**
uma quinta de muita reflexão pra gente!


Inspiração: família.



Está aí uma coisa que sempre valorizei: a família. Desde criança sempre fui muito apegada à minha mãe, mas não significava dizer que não sentia falta do meu pai (que foi morar fora do país quando eu e minha irmã ainda éramos pequenas) que tentava se fazer presente à medida do possível.

Meus irmãos sempre foram importantes e, mesmo com todas as nossas divergências, somos unidos e nos amamos. Agora estou construindo uma família e a sensação de aumentar um pouco mais a cota de pessoas nesse meu mundo particular é simplesmente magnífica.

Com o marido me associei a uma grande família, com problemas como qualquer outra, mas com muito amor e carinho também. Pessoas que nos amam e respeitam e já amam a nossa filha também. Essa energia é tão boa e contagiante que me faz muito feliz.

Amigos. Esta família tão específica e selecionada também nos faz transbordar de felicidade. É impossível não dizer que amigos são nossa família pois, os verdadeiros amigos, são para nós exatamente aquilo que representam nossos irmãos. Os respeitamos, brigamos, orientamos, divergimos e somos unidos acima de tudo, sem contar que tem muito amor envolvido também.

Como sempre fui, sei que sempre serei apegada à família e, mesmo que isso represente meu elo fraco, a família me inspira e sempre será meu "Safe Home" (como naquela música do Anthrax^-^). Agora temos a nossa família somando mais amor às demais.

Uma quarta inspiradora pra gente!
:*


Frase de efeito: Filme - O destino de uma nação (Darkest Hour).

Tem um punhado de filmes que quero ver e ainda não estou conseguindo acompanhar os lançamentos como gostaria. Vários títulos do ano passado estão em meu HD para serem assistidos quando possível.

Recentemente vi o trailer do filme O destino de uma nação e vi uma frase que me lembrou alguns fatos da vida:

Imagem via
Não se pode negociar com um tigre quando sua cabeça está na boca dele.
(Winston Churchill)


É a vida. Ou tomamos precauções para não chegar nesse ponto ou sobrará apenas um, dentre os dois, para contar história. Metaforicamente, claro. Precisamos mesmo aprender a dialogar e tentar reduzir danos e não inflamar mais e mais as pessoas contra nós ou contra outras. Não sei bem o contexto da frase no filme, mas na vida é assim...se chega ao ponto crítico, decisões e atitudes radicais necessitam ser tomadas e, neste caso, sempre vai existir um lado perdedor.

Que acham?
Como está a vida de vocês com o cinema? Atualizados?

Uma linda terça!
:**